E aí, beleza? Hoje vou falar sobre como misturar tintas e lhe dar acesso aos serviços oferecidos por este site que você pode usar a vontade, pois oferecer um bom serviço ao cliente é fundamental para manter um bom relacionamento.

Para saber mais sobre meu trabalho leia a página about do Site. Fique a-vontade e divirta-se com a leitura.


Mas afinal, como misturar tinta da forma correta?

Introdução:

Antes de falar sobre mistura de tinta é importante ressaltar que devemos ter cuidado e atenção na hora de misturar tintas, seja ela tinta de parede, piso ou madeira, pois se fizermos alguma mistura errada podemos estragar a tinta.

Mistura de tinta acrílica de parede

Exemplo: Normalmente na tinta acrílica se coloca 20% a 30% de água potável na primeira demão de tinta e 15% na segunda e terceira demão de tinta.

Para misturar corretamente a tinta acrílica de parede, devemos ler com atenção o que vem escrito no verso da lata, pois o fabricante de tinta ensina como deve ser feito a mistura.

Vídeo sobre mistura de tinta

Mistura de tinta esmalte para pintar ferro e madeira

A tinta esmalte sintético é diluída/misturada com solvente aguarrás ou redutor, porém a mistura com redutor só deve ser feita por profissionais que tenham conhecimento avançado de pinturas. Normalmente se coloca 10% de aguarrás na mistura da tinta esmalte para aplicação da tinta.

Vídeo sobre preparar tinta esmalte

Mistura de tinta epóxi

Caso tenha comprado tinta epóxi para pintura do azulejo do banheiro ou cozinha, leia com atenção o verso da lata, pois a tinta epóxi é misturada/preparada com catalisador que vem separado da tinta.

Nesse caso a tinta epóxi é o componente 1 e o catalisador é o componente 2, ou seja, devemos misturar ambas as partes para mistura correta da tinta. Porém é de suma importante ler a recomendação do fabricante antes de mistura a tinta epóxi ou qualquer outro tipo de tinta, pois a preparação incorreta do material pode ocasionar erros e falhas na pintura.

Mistura de tinta acrílica para piso

A tinta acrílica para piso é misturada com água potável, porém leia o verso da lata de tinta antes de misturar a mesma, pois algumas tintas já veem prontas para uso conforme recomenda o fabricante. Normalmente a mistura de tinta acrílica de piso é feita com 10% de água.

Mistura de verniz de madeira

O verniz de madeira é diluído com solvente aguarrás, porém não podemos misturar o redutor ao verniz, pois estraga o verniz. Normalmente se coloca 10% de solvente aguarrás na mistura/diluição do verniz de madeira.

Mistura de verniz a base de água

Já o verniz a base de água é diluído com água potável e nunca podemos misturar aguarrás ou redutor no verniz a base de água, pois se fizermos isso estaremos estragando o verniz a base de água.

Preparo de massa corrida

Antes de misturar/diluir a massa corrida o profissional deve avaliar se a massa está dura, caso ela esteja dura demais é necessário colocar um pouquinho de água, quero dizer; 10% de água potável para deixá-la cremosa e macia para aplicação com desempenadeira de aço.

Preparo de massa acrílica

A mesma regra da massa corrida PVA também é valida para mistura e preparação da massa acrílica.

Preparo de textura de parede

A regra da massa acrílica e massa PVA também é valida para textura de parede, ou melhor dizendo; o profissional deve avaliar se a massa de textura esta dura, caso necessário ele deve deixar a massa no ponto para aplicação.

Conclusão

Antes de abrir, usar ou aplicar qualquer material de pintura é necessário ler a recomendação do fabricante da tinta.

Boa pintura!